quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Palavras Sufocadas

Hoje tenho apenas uma vontade,
De falar essas palavras que estão…
Sufocadas na minha garganta,
Mesmo que simplesmente…

Não saiba se serei ouvido,
Ou se meu clamor irá chegar…
Até o mais profundo e mais puro…
Recanto de tão singular beleza.

Como explicar tal harmonia…
Que até minha ciência arrebatou?
Haveriam versos que…
Expressassem tal sinfonia?

Como explicar a intensidade,
De tão ardente desejo, e tal…
Mistura entre a força do mar,
E a suavidade dos encantos do luar?

O enigma que mais anseio conhecer,
É de tão lindos campos de adentrar.
Que néctar necessitaria mais minh’alma?
Senão tão suave mel de teus lábios!
Que rosa teria um aroma mais arrebatador…
De que tua tão suave e delicada pele?

Esta singela confissão…
Apenas são os gritos de meu peito,
Que não para de por tão inestimável…
Diva chamar, e de sua vontade revelar.

Estas intensas chamas…
Aos poucos a me consumir,
E tão supremo desejo de minh’alma,
De que possamos juntos…
Em tão poderoso fogo…
Eternamente viver.



Por : Rodolfo Sabino

34 comentários:

  1. "E tão supremo desejo de minh’alma,
    De que possamos juntos…
    Em tão poderoso fogo…
    Eternamente viver."


    muito lindo o poema

    http://acedencia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Adorei.
    Vou passar mais por aqui
    =DD

    te seguindo, me segue também?

    ;*

    www.projetandorascunhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Esperava neste blog algo sobre publicidade, cheguei encontrei literatura, gostei pois é um poema e escrevo alguns e isso ótimo ler novos poemas...

    ResponderExcluir
  4. pois e... mas publicar as poesias também e publicidade... o rodolfo que produz as poesias...
    volta sempre

    ResponderExcluir
  5. valeu pelo elogios, mas é que eu que crio as poesias e o thales ficou responsavel pelos videos já que eu sou meio noob em programação, e também era um projeto antigo meu divulgar as poesias e tenho que agradecer ao Thales que me ajuda muito nisso. :D

    ResponderExcluir
  6. Bem inteligente a parceria, pra mim os dois saem ganhando, e o autor do poema parece ter um dom nato! Parabéns pelo blog!

    http://sobreviventenaselva.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. E aí cara, tudo bem? Vi seu blog numa comunidade do orkut sobre troca de banners. Envie seu banner para o meu blog que eu colo na página principal. E entre no meu blog, escolha um banner do meu blog e cole no seu, para a gente ser parceiro de banner. O blog é este aqui:
    http://diazdezumbi.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. obrigado pelos elogios e apoio pessoal :D

    ResponderExcluir
  9. rapaz, eu vou dizer um negócio, como um poema desse vc ganha a noite hein
    hahaha
    ahsuahsuashu
    brincadeiras à parte, tah bem escrito e tenho um q de romantismo e paixão incríveis
    parabéns.!


    http://diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/
    sigo quem me segue e retribuo comentários

    ResponderExcluir
  10. também sinto essa vontade. Lindo seu poema *--*

    ResponderExcluir
  11. o pior que meu maior defeito sempre foi ser timido :X, mas espero algum dia conseguir mudar isso :). e obrigado pelo pelos comentarios XD.

    ResponderExcluir
  12. As vezes as palavras parecem gritar dentro da gente, sem encontrar a forma certa pra sair... E é como se sufocássemos com todas elas.
    Gostei muito do poema.

    ResponderExcluir
  13. Seguee!????
    http://eitamania.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá, seguindo, visita la e vota na enquete ?
    http://things-and-things.blogspot.com/
    bjk

    ResponderExcluir
  15. Maravilhoso, adorei!!!

    Agradeço por fornecer tão belas palavras em grande harmonia.

    Abraços, Cápsula de Pimenta.

    Tem um tempinho? http://capsuladepimenta.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Que lindoooo!! Queria que escrevessem algo assim pra mim! rsrs

    Feliz da mulher que te inspirou tão lindo poema!

    bjos

    ResponderExcluir
  17. Obrigado pelos comentarios :D, teria sido uma maravilha se tivesse sido amado o que infelizmente ainda não aconteceu. :X

    ResponderExcluir
  18. E Branca querida não deixe que algumas desilusões mudem a tua essencia, pois vc é uma mulher intensa, profunda, meiga, determinada, e o contrate entre o seu lado emocional e o racional lhe faz encantadora. Adorarei se puder ter ua amiga tão sublime. Bjs

    ResponderExcluir
  19. Rodolfo, meu querido! Vim agradecer por sua adoravel visita, seu comentario carinhoso no meu blog e agora essa grata surpresa, vc respondeu ao meu comentario!!

    Para mim é uma honra muito grande ter sua amizade.

    Mil beijinhos. A gente se fala.

    ResponderExcluir
  20. Branca, minha linda, eu queria falar com vc no msn, pois acredito que tenho uma surpresa para vc :D

    ResponderExcluir
  21. êêiitaa... Roodolfo, colocou a timidez de lado
    OAskokaoksokoaoskoaO #Rolouumclima *-*

    ResponderExcluir
  22. "Como explicar a intensidade,
    De tão ardente desejo, e tal…
    Mistura entre a força do mar,
    E a suavidade dos encantos do luar?"

    lindos versos *_*
    parabéns !

    ResponderExcluir
  23. Já segui o teu blog, segue o meu ai -> http://dominiomaggot.blogspot.com

    PARABÉNS PELO BLOG TÁ SHOW DE BOLA!

    ResponderExcluir
  24. Muito bom o poema mas me lembra coisas ruins

    ResponderExcluir
  25. Versos lindos, passo por isso, esse nó na garganta, vontade de gritar oque tem a dizer.
    Lindo, me segue.

    ResponderExcluir
  26. Um poema incrível! Sim, muitas vezes da vontade de expulsar o que está preso na garganta!
    Parabéns pelo blog!
    Abraço!

    Comente no meu blog também:
    http://enricows.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. "Como explicar tal harmonia…
    Que até minha ciência arrebatou?
    Haveriam versos que…
    Expressassem tal sinfonia?"

    A sinfonia revela-se inexplicáavel, meu caro.
    Parabéns pelo texto.

    Sinta-se convidado a me visitar em www.jvictorlima.com

    ResponderExcluir
  28. obrigado pelo comentarios e elogios :D

    ResponderExcluir
  29. desabafar é sempre bom .. adorei a poesia.

    ResponderExcluir