quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

A Mais Dura Lição

Estava a voar pela imensidão do céu,
E sentia a mesma liberdade do ar,
Até que um dia, puder ver através do seu véu,
E então comecei a pensar, em algum dia amar...

Foi então que recebi a mais dura missão,
E tive minhas asas queimadas e pude sentir...
A dor pela primeira vez,
A dor de não ser mais livre para voar.

Estava preso, pois era primeira vez,
Que estava a amar,
E ao cair neste mundo de dor,
Sem puder compreender o amor.

Vaguei por séculos a sofrer,
Pois não podia compreender...
A essência do meu viver.
Quando poderia enfim ver,
Quando irei enfim aprender.

As trevas pela primeira vez...
Podiam se aproximar do meu coração,
E queriam minh'alma prender,
E me tirar o direito de viver.

Onde estará a luz que me guiará,
Através das trevas deste mundo?
A energia de antes, se dissipou,
E lágrimas de sangue podiam jorrar.

Através da face que nunca chorou,
Ao vagar sem destino pela Terra pude sentir,
Algo mais forte estava a se aproximar,
Então a indaguei: O que neste mundo pode ter valor?

Foi então que vi, com meu coração,
Um ser especial e indaguei:
Porque não consigo tirar-lhe os olhos?
Foi então que escutei uma voz no coração...

Que me dizia: Vai e falar com ela,
E nessa hora, pude sentir...
Que algo estava a mudar,
E então pensei: O que será...

A sua beleza era incomum, mesmo assim,
Não me encantei com a sua perfeição,
Até que ela tocou o meu coração,
E eu que sempre indaguei, o porque dessa missão...

Enfim passei a compreender o porque...
Eu poderia amar e sentir seu calor,
Foi então que, minhas asas queimadas de outrora...
Começaram a renascer e pude voar ao céu.

Mas algo dentro de mim não mais queria,
Então o mesmo que as queimara, me disse:
Agora que já conheces o amor terás que voltar,
Eu te devolverei o teu poder e a tua liberdade.

Então perguntei, o porque dessa lição, ele disse:
Até hoje te achaste livre, e livre serás,
Só não para voltar a amar.
Nem a lua e nem sol podem brilhar como o amor,
E jamais tornaras a sentir o seu calor.

Foi então que meu coração,
Que nunca amou se curvou e implorou:
Tire-me tudo, menos a liberdade,
Então ele falou é isso mesmo que queres?

Mas saibas que, ao céu não poderás mais tornar...
E também perderás tua perfeição,
Serás agora um mero mortal,
Agora as trevas poderão te tocar.

E então eu disse mesmo...
Assim quero o dom de amar,
Então que seja feita a tua vontade...

E nesse instante fui atrás do meu amor,
Mas ao me aproximar só recebi a dor,
Então voltei e continuei a vagar...
Pela terra e pelo mar...



Por : Rodolfo Sabino

25 comentários:

  1. muito bom seu blog!!
    gostei msm
    e vc escreve mt bem ein

    piadasemcheio.blogspot.com
    da uma olhadinha la

    ResponderExcluir
  2. Saudades do meu amor... eitaaa coração... Saudadeee... Adorei o poema... Visita meu blog? http://changefeeling.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. então diria que vc já se apaixonou e se decepcionou eu já passei por várias fases assim, por isso te entendo bem, só ainda não postei minhas poesias de dor porque achei muito intimas :X, mas não deixa que uma manha nublada estrague o teu dia XD

    ResponderExcluir
  4. AMEEEEEEEEI o blog! Super completo, tem de tudo um pouco! *-*
    Espero sua visitinha no meu viu?
    SEGUINDO vc.

    bjs'

    http://thaaimabbitt7.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. claro que vou visitar sim minha linda :D

    ResponderExcluir
  6. Sempre que eu puder.. Estarei por aki! *-* bjs'

    ResponderExcluir
  7. aah vey, isso eh uma realidade
    amar é uma prisão horrível!!





    http://diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/
    sigo quem me segue e retribuo comentários lah

    ResponderExcluir
  8. Seu blog táh legal!!

    Vou te seguir Me segue?

    http://conectionrw.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. BONITA POESIA, CARA...

    PENA QUE TERMINA DE FORMA TRISTE E MELANCÓLICA!!!

    MAS AINDA ASSIM, A PERSEVERANÇA É PRIMORDIAL!

    ABS!
    www.vemaquinomeublog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. valeu pelos comentarios, mas é meio triste mesmo o final, como em geral na minha vida, mas se até nos contos e lendas sempre vem a tristeza antes de uma grande alegria me resta ter fé que algum dia serei amado. XD é dificil mas ainda acredito em milagres. :D

    ResponderExcluir
  11. seu texto é muito longo para um poema. Mas ele é muito bonito com belas palavras, escreve muito bem! sucesso

    ResponderExcluir
  12. bom sabendo que existem poemas de mais de 7 páginas não diria que ele é longo XD, e essa eu fiz como uma poesia e não um poema, mas não é questão de tamanho em si e sim sentimento. Basta lembrar que a menor poesia já escrita foi: Eu te amo XD

    ResponderExcluir
  13. As coisas que eu mais amo são: amor, poemas, solidão.
    Parabéns pelo poema, faz o meu tipo: amor!
    Parabéns mesmo, sucesso com o blog!
    Abraços,
    Mateus Augusto.

    ResponderExcluir
  14. Muito perfeito *-*
    É o amor pode ser lindo e outras vezes pode ser doloroso.

    ResponderExcluir
  15. As vezes o amor pode realmente nos fazer sofrer, as vezes nem conseguimos compreende-lo, mas deixar de amar é impossivel!!.. Gostei muito!

    ResponderExcluir
  16. Que texto lindo, Parabéns.

    http://comentariosobrelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Cliquei nuns anuncios seus sem querer.rsrs
    http://comentariosobrelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Parabéns pelo blog, espero que tenha sucesso!
    Já estou seguindo seu blog, não deixe de seguir o meu tbm! ;]
    Abraçs

    http://nicolasqueiros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. TEXTO GENIAL AMIGO, Muito boa a Postagem, e o Blog é muito legal, Parabéns, comentei :) e acompanhando aqui ... se puder retribuir comentando e me seguindo, eu retribuo da mesma maneira, abraços.
    Blog muito legal, parabéns

    http://musilitica.blogspot.com

    Afim de Parcerias, troca de banner e link. Recrutando membros para a equipe do Musilítica, se estiver interessado add no msn milsonobscuro@hotmail.com
    Me sigam, comentem e eu irei retribuir com a força de todos, conto com a força galera.

    ResponderExcluir
  20. Obrigado pelos elogios :D, e concordo com vc Mateus as vezes é necessario um tempinho para meditar um pouco na vida, mas a solidao mesmo é insuportavel :X. Mas no final só temos duas escolhas, continuar uma existência vázia ou amar e passar realmente a viver XD

    ResponderExcluir